Instalando o VMware Server no Ubuntu 7.10


Veja o link: http://blog.riopro.com.br/2007/12/03/instalando-o-vmware-server-no-ubuntu-710/


simplesmente edite o arquivo /etc/apt/sources.list e descomente a linha do repositório da canonical (deb http://archive.canonical.com/ubuntu gutsy partner) e depois: sudo apt-get update && sudo apt-get install vmware-server.
Ele já vai instalar o vmware-console de quebra.


Virtualização parece ser o hype do momento, aquela “grande aposta” constante para ser a “próxima grande coisa”. Mas ao contrário da maioria dos hypes do universo da TI, este realmente tem algo de sólido em toda a comoção alardeada pela mídia. Ou seja, não chega a ser a solução para todos os males (como a grande mídia e os grandes vendors dizem), mas tem seu uso. Já podemos ter máquinas virtualizadas rodando com performance muito próximas dos sistemas nativos no mesmo hardware.
Aqui na Riopro utilizamos máquinas virtuais em quase todos os desktops da equipe de desenvolvimento há bastante tempo, geralmente para carregar outros sistemas operacionais para testar nossas aplicações, ou dar suporte à aplicações legadas. Porém recentemente passamos a empregar servidores virtuais em nosso ecossistema de TI, utilizando o VMware Server. Veja abaixo como fazer o mesmo, instalando o VMware Server em um servidor rodando Ubuntu 7.10.
Você já deve ter um computador com o Ubuntu 7.10 instalado, preferencialmente na versão “server”, mas as instruções servem para qualquer tipo de instalação.
Primeiramente, vá até a página de downloads do VMware Server e baixe a última versão do software. No momento que escrevo estas linhas, isso significa a versão 1.0.4 (build 56528). Você deverá aceitar a licença de uso, e a VMware lhe dará alguns números seriais para usar nas suas instalações. Guarde bem estes números, usaremos em breve.
Estamos interessados no arquivo referente ao VMware Server for Linux, na versão .tar.gz. Opcionalmente, baixe também o Management Interface para Linux. Salve ambos os arquivos baixados no servidor que rodará o o VMware Server (o “host”, daqui em diante).
Baixe também, na mesma página, o cliente do WMware Server para sua plataforma. Este programa será instalado no seu computador para instalar e administrar as máquinas virtuais rodando no servidor VMware. Eu uso Linux, então baixei o VMware Server Linux client package. Se você usa Windows no seu computador, baixe o VMware Server Windows client package. Salve este arquivo .zip no seu computador.
Primeiramente, instale os pacotes necessários para instalação do VMware Server:$ sudo aptitude install build-essential linux-headers-`uname -r` xinetd libx11-6 libxtst6 libxt6 libxrender1
Agora extraia o arquivo baixado e instale o programa com:$ tar xfz VMware-server-1.0.4-56528.tar.gz
$ cd vmware-server-distrib/
$ sudo ./vmware-install.pl
O programa irá lhe fazer várias perguntas, e você pode aceitar a resposta padrão para todas elas, se quiser. Para fazer isso, basta dar “Enter” em cada questão. Você precisará também aceitar a licença de uso da VMware, basta ir dando “espaço” para chegar até o final do texto, e então escrever “yes” e dar “enter”. Ao final da instalação, será pedido um número serial: insira um dos números que lhe foi dado pela VMware ao fazer o download, com atenção para incluir os hífens no texto.
No meu caso, eu mudei o local padrão das máquinas virtuais para /var/vmware (na pergunta “In which directory do you want to keep your virtual machine files?“). Também não habilitei o uso de NAT para as máquinas virtuais, no só usarei rede em modo bridge mesmo neste servidor.
Tudo pronto. Caso não haja nenhum erro, o VMware Server já está instalado, rodando, e preparado para iniciar automaticamente no boot. Se você enfrentou algum erro durante a instalação, tente novamente fazendo um sudo vmware-uninstall.pl e em seguida sudo ./vmware-install.pl na pasta vmware-server-distrib.
Agora só falta instalar o console do VMware no seu micro para poder acessar o servidor VMware e criar as máquinas virtuais. Vamos lá. Irei mostrar a instalação em um micro rodando Linux, para o Windows deve ser semelhante.
Em seu computador, abra o arquivo VMware-server-linux-client-1.0.4-56528.zip e extraia dele o arquivo VMware-server-console-1.0.4-56528.tar.gz. Descompacte este último em uma pasta qualquer e entre na pasta gerada (vmware-server-console-distrib). O processo aqui é semelhante ao do servidor, mas mais simples. Digite nesta pasta, via terminal: sudo ./vmware-install.pl e siga as instruções. Mais uma vez, o instalador lhe fará várias perguntas e o default é sufuciente para todas.
Ao final da instalação, infelizmente um lançador gráfico não é gerado automaticamente, mas você pode fazer isso depois. Para abrir o comando, basta digitar Alt+F2 (se usar o Gnome), digitar vmware-server-console e clicar em Executar. Na janela que se abre, entre com o nome ou IP do servidor rodando o VMware Server no campo Host name, e um login e senha válidos neste servidor, e clique em Connect.

Você agora está conectado ao seu servidor. Clique em “Create a new virtual machine” e prossiga conforme suas necessidades.
Uma última dica: Após configuradas sua máquina virtual, vá nas Settings da mesma, na aba Options, e abra a sessão “Startup/Shutdown”. Aqui você deve especificar qual comportamento a máquina virtual (o guest) deve ter quando o servidor (o host) for ligado e desligado. Preencha conforme suas necessidades, porém no campo “On host shutdown” é melhor deixar a opção “Shut down guest operating system”. Assim, quando você mandar desligar o host, o VMware irá mandar um sinal de desligamento também para o guest, fazendo o SO do guest se desligar corretamente. A opção padrão, “Power off virtual machine”, é o equivalente à “meter o dedo no power” do guest toda vez que o host for desligado.
Comments