Artigos‎ > ‎Compartilhamento de Arquivos‎ > ‎P2P‎ > ‎

aMule como servidor da intranet


links:
http://guiaubuntupt.org/wiki/index.php?title=Amule_daemon
http://www.n3t0.com/?p=54
http://wiki.ubuntu-br.org/UbuntuBR/Configurando_o_aMule
http://ubuntu.no.sapo.pt/amuled_no_ubuntu.html

Comandos:
sudo apt-get install amule-daemon
sudo apt-get install amule-utils-gui

amuled

Pressione "Ctrl+C" se o aMule continuar executando no terminal.

Siga as intruções do link: http://guiaubuntupt.org/wiki/index.php?title=Amule_daemon

Instalação

O amuled é instalado pelo pacote amule-daemon:

sudo apt-get install amule-daemon

Para aceder ao serviço do amule pelo browser, não precisa de instalar mais nada. O aMuleWeb é a solução "mais leve" para usar o serviço do aMule, mas tem muitas limitações e é instável.

Para aceder ao serviço do amule por GUI, instale também o pacote amule-utils-gui (recomendado).

sudo apt-get install amule-utils-gui

É muito parecido com o amule "normal" (desktop), mas algumas funções (gráficos e outros) estão desactivados.

 

Configuração

Se tem o aMule "normal" (desktop) a funcionar, desligue-o e feche-o.

Execute uma vez o comando amuled para criar uma configuração de omissão.

amuled

Se ainda não tinha uma pasta ~/.aMule criada, o amuled irá dar um erro, mas irá criar a pasta ~/.aMule com uma configuração básica.

Se já tinha a pasta ~/.aMule criada, pare o amuled para poder editar as configurações premindo "Ctrl+C", pois este grava a configuração quando sai, apagando qualquer modificação que tenha feito ao ficheiro amule.conf enquanto ele está a correr. Portanto, com o aMuled parado, mude para a pasta e edite a configuração:

cd ~/.aMule nano amule.conf

Altere as portas que quer utilizar (TCP e UDP) e se não quer utilizar UDP (é obrigatório para usar a rede Kad). Active a opção para aceitar conexões externas e crie a password de acesso. Portanto:

Port =4662 UDPPort=4672 UDPDisable=0 AcceptExternalConnections=1 ECPassword=[cole a Hash da password aqui]

 

Password

Para criar a hash da password, execute o seguinte comando numa consola (mude "a_sua_password" para aquela que vai usar):

echo -n a_sua_password | md5sum | cut -d ' ' -f 1

O resultado será qualquer coisa parecida com isto: 5f4dcc3b5aa765d61d8327deb882cf99. Cole o resultado do comando que executou no campo ECPassword no ficheiro amule.conf.

 

Iniciar o serviço

Para que o serviço aMule se inicie logo no arranque do Ubuntu, edite o ficheiro /etc/default/amule-daemon:

sudo nano /etc/default/amule-daemon

Altere o campo AMULED_USER para o seu nome de utilizador. Altere RUN_AT_STARTUP para "YES" para que o serviço seja iniciado logo no arranque do computador e quer faça ou não login no Ubuntu ou no Gnome/KDE.

Se alterou o ficheiro /etc/default/amule-daemon, o serviço do aMule será iniciado quando arrancar o Ubuntu, mesmo que não faça login no Gnome/KDE ou numa consola. Se quer iniciar já o serviço aMule, execute:

sudo /etc/init.d/amule-daemon start

 

Aceder ao aMuled

Para aceder ao serviço aMule pelo browser tem ainda que configurar o amuleweb (ver mais à frente). Se não quer aceder ao aMule pelo browser então instale o pacote amule-utils-gui. Depois de (re)iniciar o aMule já pode aceder ao serviço pelo menu "Aplicações->Internet->aMule GUI". Para aceder pela consola, instale o pacote amule-utils e execute "amulecmd" na consola.

Para aceder de fora do seu computador, modifique o iptables/Firestarter para aceitar conexões pela porta que definiu nas conexões externas da configuração amule e/ou do amuleweb. As portas são 4711 para o amuleweb e 4712 para o amulegui e amulecmd, valores por omissão. Pode limitar os ip's (apenas o ip do seu local de trabalho e/ou outro) que podem aceder a essas porta no iptables (com Firestarter/iptables/outro).

No iptables abra as portas TCP e UCP para todos e também uma outra UDP na porta UDP+3. Isto é, com as configurações por omissão: TCP 4662, UDP 4672 e UDP 4675. O Firestarter abre sempre as portas TCP e UDP, portanto abra as três portas no Firestarter.

 

aMuleWeb

NOTA: o amuleweb é muito instável.

Se vai utilizar o aMuleWeb, edite o ficheiro ~/.aMule/amule.conf. Para isso tem que parar o serviço do aMule, pois este grava as configurações quando termina e apaga as modificações que tiver feito enquanto ele estava a funcionar. Depois, edite então o ficheiro amule.conf:

sudo /etc/init.d/amule-daemon stop cd ~/.aMule nano amule.conf

Procure pela secção "WebServer" e mude Enabled=0 para 1. Cole a hash da password no campo "Password=" desta secção.

Agora crie o ficheiro de configuração do amuleweb, baseando-se no ficheiro amule.conf. Na consola execute:

amuleweb --create-config-from=amule.conf

Reinicie o serviço do aMule.

sudo /etc/init.d/amule-daemon start

Aceda ao aMuleWeb pelo browser, apontando-o para [1].

 

Tráfego nacional

Para utilizar apenas tráfego nacional existe um script em perl criado pelo geeko nos fóruns do aMule em [2]. Para usar o script do geeko tem que instalar o pacote libwww-perl. Aparentemente o script não está funcional.

Como alternativa faça o download deste ficheiro em [3] (última actualização verificada: 24 de Agosto de 2007). Dentro do ficheiro estão três ficheiros ipfilter.dat: para Sapo/Telepac ADSL, Netcabo e ONI/Via Networks. Copie o ficheiro que se aplica ao seu ISP para a pasta do aMule, mudando o nome para filter.dat. Aconselha-se que verifique os downloads internacionais nos primeiros dias para confirmar o tráfego internacional que foi realizado. NOTA: o ficheiro tem muitos, muitos ip's e o aMule irá demorar um pouco a carregar. Aguarde alguns segundos.

Lembre-se de que com o serviço amule-daemon, é fácil esquecer-se de que ele está a correr, e isso pode ter custos pesados para quem tem limites de downloads internacionais.

 

Amuled só à noite

Se apenas quer que o amule funcione à noite, por exemplo, pode editar a crontab do utilizador root (apenas este utilizador pode iniciar e terminar serviços) e depois inicie e pare o serviço às horas que deseja. Neste exemplo será todos os dias entre à 01:00 e às 07:00:

sudo crontab -e

e adicione as seguintes linhas:

01 00 * * * /etc/init.d/amule-daemon start 07 00 * * * /etc/init.d/amule-daemon stop
Comments